6 dicas para encontrar seu propósito e começar 2017 mais feliz na carreira!

daniela lemes

Buscar mais que um salário é um traço marcante dos profissionais da Geração Millennial, que querem cada vez mais trabalhar em empresas éticas e alinhadas com seus valores pessoais e propósito. É algo que exige um processo contínuo de autoconhecimento, o fundamento para criar uma carreira de impacto que seja realmente sua.

Como a tarefa de descobrir seu propósito pode parecer um pouco abstrata no começo, Daniela Lemes, responsável pelo Catálise, o programa de autoconhecimento da Fundação Estudar, oferece seis dicas para iniciantes. Confira:

1) Saiba quais são seus valores

“A autonomia é excelente exemplo”, diz Daniela. “Tem gente que jamais conseguiria se adaptar a uma empresa com regras muito fechadas.” Quando você desconsidera algum valor importante, do qual não gostaria de abrir mão, a chance de se frustrar e se sentir como um pássaro fora do ninho no ambiente de trabalho é grande.

2) Leve em consideração o que faz sentido (de verdade)

Esqueça o que os outros – amigos, pais, professores, etc. – falam e saiba distinguir o que é o que. “Ser um executivo de sucesso é algo bastante vangloriado pelos demais, mas faz sentido para você?”, questiona Daniela. “O segredo é entender o que é bom para você.”

3) Crie um mapa da felicidade

“Liste as atividades que te dão prazer, lugares que te deixam felizes e pessoas que te fazem bem – isso ajuda a pensar em propósito”, resume ela. “Felicidade tem um peso grande, por isso é importante mapeá-la durante esse processo.”

4) Pense em suas motivações

Quais são os gatilhos que te fazem agir? “Uma boa pergunta é: o que te faria levantar da cama todas as manhãs? Se questione, liste todas as possibilidades e use a imaginação.”

5) Reflita sobre qual é a marca que quer deixar no mundo

“Quando alguém pensar em você, como gostaria de ser lembrado? Vale pensar sobre que tipo de legado você teria orgulho de deixar.”

6) Escreva, anote, desenhe, leia e releia

Algo fundamental para o processo de autoconhecimento é ter papel e caneta sempre disponíveis. Levá-los consigo também é uma boa ideia para não perder nenhuma reflexão que surgir ao longo do dia.

“As pessoas te orientam a refletir, mas isso não é suficiente”, diz Daniela. “Escreva a respeito de suas características e preferências e materialize suas reflexões. Use e abuse da folha de papel!”

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *