7 séries com temática LGBT para você assistir na Netflix.

Listamos abaixo 7 séries de TV, disponíveis na Netflix, que abordam sem rodeios, preconceitos ou estigmas, o universo LGBT. Confira!

 

 

How to Get Away With Murder

Shonda Rhimes não tem medo de abordar assuntos sérios. É uma marca registrada de suas produções. Com How To Get Away With Murderer, estrelada pela premiada Viola Davis, a coisa não é diferente. A série, exibida por uma das emissoras mais tradicionais da TV americana, aborda semanalmente questões LGBT em diversas esferas. Além de possuir personagens bissexuais, um dos destaques do programa é o personagem Connor. Um homossexual capaz de fazer qualquer coisa para atingir seus objetivos.

 

 

Grey’s Anatomy

Outra produção assinada por Shonda Rhimes. O drama médico é uma das maiores audiências da TV aberta nos Estados Unidos e há 13 temporadas traz questões extremamente relevantes do universo LGBT para o mundo. Com diversos personagens gays a série ajuda a desmistificar diversos mitos e conceitos sobre o mundo LGBT.

 

 

Sense8

Ame ou odeie, Sense8 se tornou um marco na história das séries de TV. Criada pelas irmãs Wachowski, da trilogia de Matrix, a série acompanha a vida de 8 pessoas ao redor do mundo que são inter-ligadas de uma certa maneira. Com personagens gays, bissexuais, transsexuais e cisgeneros a série, em sua curta existência, ajudou a discutir e trazer a tona questões vistas como tabu.

 

 

Modern Family

Exibida pelo canal americano ABC, a comédia sobre “famílias modernas” tem em seu time de protagonistas um casal formado por dois homens que acabaram de adotar uma criança. A série discute durante todo o tempo o esteriótipo de “família” e mostra que desde que exista amor dentro de um lar, não importa o gênero de seus membros.

 

 

Orange Is The New Black

Uma das primeiras produções originais da Netflix é a premiada Orange Is The New Black. Criada por Jenji Kohan o programa é baseado no livro da verdadeira Piper Kerman e acompanha a história de uma mulher comum que acaba sendo presa. Além de abordar assuntos pertinentes do universo feminino sobre machismo e preconceito a série também traz aos holofotes questões do mundo LGBT. As personagens principais que ilustram a história são lésbicas, heterrosexuais, bissexuais e transsexuais.

 

 

Pretty Little Liars

Séries adolescentes sempre abordaram o mundo LGBT de maneira bem superficial. Na grande maioria das séries dos anos 90 os personagens gays eram quase assexuados. Não possuíam uma trama importante e nem tinham pares românticos. Dawson’s Creek (1998-2003) foi uma das pioneiras em trazer personagens gays à trama principal.

Na série, o personagem Jack McPhee interpretado por Kerr Smith, era um dos protagonistas da trama e protagonizou o primeiro beijo entre dois homens em uma série adolescente no episódio final da série. Em Pretty Little Liars (2010-atualmente) uma das cinco protagonistas da trama, a personagem Emily, vive o drama de uma adolescente homossexual membro de uma tradicional família cristã americana. Diferente dos anos 90, Emily possui tanto destaque quanto às outras personagens e já viveu inúmeros romances com diversas garotas.

 

 

Grace and Frankie

Outra produção original Netflix, a comédia protagonizada pelo quarteto de peso Jane Fonda, Lily Tomlin, Martin Sheen e Sam Waterston acompanha a história de duas mulheres da terceira idade que descobrem que seus respectivos maridos, são um casal há anos. Discutindo a ‘velhice’ de uma maneira fofa e despretensiosa a comédia acerta ao mostrar como o conceito de “aceitação” é subjetivo.

***

Todas as séries citadas nessa matéria estão disponíveis no catálogo da Netflix.

You may also like

Deixe uma resposta