Brasil terá escola referência em uso de madeira para projetos de Arquitetura e Engenharia.

Um grupo de profissionais de diversas partes do Brasil lança esta semana, em São Paulo (SP), o Núcleo de Referência em Tecnologia da Madeira – uma iniciativa inédita e pioneira no país, cujo objetivo é disseminar o uso responsável desta matéria-prima em projetos de arquitetura e engenharia por todo o Brasil.

O Núcleo de Referência em Tecnologia da Madeira será uma associação que, neste primeiro momento, vai funcionar como uma escola e oferecer cursos para arquitetos, engenheiros, designers e profissionais de incorporadoras que queiram entender todas as potencialidades do uso da madeira em obras e como utilizá-la de modo inteligente, responsável, sustentável e contemporâneo.

Entre os profissionais envolvidos no Núcleo estão representantes do terceiro setor, empresas privadas e parceiros do poder público. Além de oferecer cursos e capacitações, esta nova organização também vai desenvolver projetos e produtos culturais. Ela vai trabalhar ainda com prestação de serviços, desenvolvimento de pesquisas e locação de ambientes para coworking.

Sede

Segundo o coordenador geral do Núcleo de Referência em Tecnologia da Madeira, o arquiteto Marcelo Aflalo, o Núcleo vai funcionar, neste primeiro momento, numa sala do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), no Butantã, na capital paulista. No entanto, já existem planos de construção de uma sede própria.

“Este projeto da nova sede prevê a criação de um local totalmente autossustentável, com 80% dos seus elementos em madeira e geração própria de energia, dentro dos mais modernos conceitos de sustentabilidade”, explicou.

A edificação será utilizada como um grande show room, apresentando as múltiplas possibilidades do uso da madeira com área para exposição, xiloteca (que reúne amostras de madeira), salas para realização de oficinas e reuniões. A expectativa é que em até dois meses esteja definido o local de construção deste espaço.

Aflalo é o sócio-proprietário da Univers Design, de São Paulo (SP) – um escritório dedicado ao trabalho com design e arquitetura que possui, em seu portfólio, vários projetos arquitetônicos feitos com madeira.

Benefícios socioambientais

O especialista de conservação do WWF-Brasil, Ricardo Russo, afirma que este núcleo vai suprir uma demanda existente hoje na cadeia produtiva da madeira.

“Hoje, não existe nenhuma organização no Brasil que se dedique a trabalhar este tema desta forma. Temos CNPJ próprio, estatuto e diretoria constituída – e por isso queremos trabalhar com projetos diversos, para mostrar o que é possível de ser feito com madeira e os benefícios socioambientais existentes neste processo”, afirmou.

Ricardo lembrou que o uso responsável da madeira na construção contribui com a gestão das florestas públicas brasileiras; auxilia na conservação da biodiversidade; e, por conta da estocagem de carbono que ocorre nas peças de madeira, ela ajuda a diminuir os efeitos e prejuízos das mudanças climáticas. Ela também é um material renovável que pode ser utilizado de diversas maneiras.

You may also like

Deixe uma resposta