Everything Sucks | Série teen passada nos anos 90 é cancelada pela Netflix.

A Netflix cancelou sua nova série adolescente “Everything Sucks!”, sobre a juventude dos anos 1990.

Comparada à cultuada “Freaks and Geeks” (1999), de Judd Apatow, a série não virou frisson, atingindo 69% de aprovação entre a crítica norte-americana. Com o cancelamento, ela ficará sem fim, já que o último episódio termina num cliffhanger – a famosa situação-limite que precisa ser resolvida no próximo capítulo.

A série combinava drama e comédia, ao acompanhar adolescentes da época – e seus pais – durante rituais típicos de todas as gerações, como escola, amizades, namoro e sexualidade, com uma novidade do período: a internet.

 

Resultado de imagem para EVERYTHING SUCKS

 

A trama se passava em 1996 em Boring, uma cidade que realmente existe com este nome no Oregon, e girava em torno de um grupo de estudantes do Ensino Médio, que decidiram juntar forças para criar um filme – com os meninos acreditando que assim iam finalmente conquistar algumas garotas.

Com muitas referências à cultura pop dos anos 1990, a começar pelo título – nome de um disco da banda punk Descendents, lançado justamente em 1996 – , a série era criação de uma dupla em ascensão no cinema indie americano: o ator e roteirista Ben York Jones (“Newness”) e o diretor e roteirista Michael Mohan (“Save the Date”).

 

Imagem relacionada

 

O elenco incluía Peyton Kennedy (do terror “Fábula Americana”), Jahi Winston (minissérie “The New Edition Story”), Rio Mangini (série “Bella e os Bulldogs”), Sydney Sweeney (série “The Handmaid’s Tale”), Zachary Ray Sherman (série “90210”) e Patch Darragh (série “The Path”).

A 1ª e única temporada foi disponibilizada em 16 de fevereiro.

You may also like

Deixe uma resposta