Lista de filmes que ajudam a se preparar para o Enem.

Professor de Filosofia destaca que os filmes são uma nova linguagem para abordar os conteúdos.


Hora do estudo: separe pipoca, refrigerante e o lugar mais aconchegante da sua casa para estudar. Ligue a televisão e pronto. Mas não é qualquer programa que você vai estudar: temos uma lista especial de filmes que vão te ajudar a fixar os conteúdos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O CORREIO apresenta aqui uma lista, elaborada por professores, que abrange diversas disciplinas: Português, História, Filosofia e Biologia. E diferentes épocas e contextualizações históricas. Para os professores, as obras contribuem para ampliar o leque de referências na hora da prova e ir além do conteúdo tradicional.

Estudante do Sartre COC, Vitor Alcântara sente que assistir filmes ajuda a guardar conteúdo visto em sala. (Foto: Evandro Veiga)

O professor de Filosofia Rosival Carvalho destaca que os filmes são uma nova linguagem para abordar os conteúdos vistos em sala de aula. “Não tenho dúvida de que podem auxiliar na preparação. Na maioria das vezes, leva o sujeito a refletir e pensar”, analisa.

Para ele, a proposta do Enem exige que o aluno vá além do conteúdo objetivo. “Se você observar os modelos da prova do Enem, a linha é essa”, acrescenta.

Além disso, os filmes contribuem para uma formação mais ampla dos estudantes, diz Rosival. “Grande parte dos estudantes que fazem Enem tem entre 17 e 18 anos. Esse público precisa ter cultura diversa. Se for fazer a prova só apoiado só no conteúdo, ele fica muito restrito”.

No entanto, a coordenadora de ensino médio do Colégio Villa, Cristina Cardoso, afirma que os filmes não podem substituir os conteúdos normais, nem os livros. “O estudante não pode achar que só ver o filme vai dar conta. Até porque, para identificar o tempo histórico, ele tem que ter o embasamento teórico”, ressalta.

Já o professor de História José Nilton Andrade alerta que, apesar de ser uma maneira mais agradável de manter contato com os conteúdos, é preciso ter cautela na hora de assimilar o contéudo dos filmes. “Muitas vezes a história é contada na visão do cineasta e não condiz com o que a prova pede. Eu tenho uma posição muito radical, principalmente quando se trata dos épicos, porque tem heróis e isso acaba distanciando totalmente da realidade”, diz.

Aprendizado


Os estudantes Vitor Alcântara e Rebeca Hertzriken, ambos de 17 anos, começaram a ver os filmes voltados para os conteúdos de provas e vestibulares ao longo da escola e destacam alguns que consideram os mais importantes.

Vitor quer cursar Design, mas acredita que é preciso estar bem em todas as disciplinas, por isso se esforça também na área de Humanas. “Eu já vi dois filmes (da lista): Quincas Berro D’Água e Lutero e pretendo assistir Lincoln. É uma boa forma de lembrar, você consegue gravar mais as imagens baseado em fatos reais, os filmes também”, diz Vitor.

Já Rebeca destaca que é uma maneira de aprender o assunto e conseguir fazer outras relações com os temas. “Eu acho muito bom porque fica na cabeça o assunto. O Enem quebra muito o decoreba, tem muita questão que não tem um assunto específico, e você tem que saber Filosofia, Sociologia, Ciências Humanas… É bem abrangente. Aí o filme ajuda a contextualizar”, explica a estudante.

Ela também afirma que os filmes podem ajudar na hora de dar exemplos na redação. “Os filmes são uma grande carta-trunfo para relacionar com o tema na redação. Essa é a competência 2 do Enem, que diz que é preciso sair da área da Redação e ir para as outras áreas”, diz ela.

Ela já assistiu diversos filmes da lista apresentada aqui: A Queda – As Últimas Horas de Hitler, Getúlio, Olga, Gattaca e Cruzadas. Ela quer fazer o curso de Audiovisual e foi justamente por causa das indicações dos professores que optou pela carreira.


Estudantes, que mantêm blog no CORREIO, incluem filmes em suas rotinas de estudo
Participantes do blog Na Cola do Enem, no site do CORREIO, as estudantes Ariane Macedo, 20 anos, e Liliane Reis, 17, também aproveitam o tempo livre para investir em filmes que possam contribuir com a preparação para o Enem. Para Ariane, assistir às obras tem dois propósitos. “Eu assisto na sexta-feira, que é o dia em que estudo Humanas, mas para mim também é uma válvula de escape na hora do estresse”, diz.

Nessa reta final, Ariane diz que é sempre bom conseguir um tempo para tentar relaxar e não deixar a ansiedade dominar, por isso os filmes ajudam nessa preparação. Ela conta que sempre segue as indicações dos professores e separa um horário para assistir aos filmes. “Estou me programando para assistir esta semana a outros filmes que os professores indicaram: Lutero, Central do Brasil, Canudos. Normalmente estão mais relacionados à história”, diz a estudante, que quer tentar Medicina.

Já Liliane aproveita quando sobram horas nos finais de semana. “Eu acredito que a gente acaba guardando as imagens. Você ler sobre a guerra é uma coisa, quando associa às imagens, fica bem mais fácil”, diz a estudante. Ela também investe em filmes históricos, até mesmo os que não têm um apelo ao conteúdo didático tão claramente. “Mesmo assim, eles ajudam a ilustrar melhor”, explica. Este ano, Liliane já assistiu a Pearl Harbor (2001) e Mississipi em Chamas (1988).

O blog Na Cola do Enem traz a rotina de seis estudantes que estão se preparando para fazer a prova do Enem. Em posts semanais, eles contam suas preocupações, dicas e a rotina de estudos intensos na preparação para o exame, que é usado como a porta de entrada nas universidades. As provas do Enem serão aplicadas nos dias 24 e 25 de outubro.  


Fonte: Correio 24 Horas

You may also like

Deixe uma resposta