Salvador | Um tour cultural pelo Pelourinho.

Estar em Salvador e não percorrer o Pelourinho é uma heresia. Na Terra da Alegria, caminhar pelo centro história da capital da Bahia é respirar, sobretudo, a trajetória história dessa também Terra de Todos os Santos do passado aos tempos atuais. O bairro é marcado pelas casas ao estilo colonial barroco português. Faz parte do Patrimônio Histórico da ONU. O nome Pelourinho se deve à época da escravidão ao se usar um pelourinho – uma coluna de pedra que ficava no centro de uma praça, para castigar os escravos.

O local é marcado por alguns roteiros como os blocos afros da Muzenza, Olodum, Afoxé Filhos de Gandhy e Cortejo Afro.

 

Resultado de imagem para Salvador

 

Há ainda centros e praças culturais como o Centro Cultural Correiros, a Cepaia (Centro de Estudos Afro-Indigenas Americanas) e a Escola de Dança da Funceb.

Aos mais religiosos, vale conhecer a Catedral Basílica, a Igreja São Pedro dos Clérigos, entre outras.

E não deixar de passar por alguns dos muitos museus tais quais: Museu da Misericórdia, Museu da Arqueologia e Etnologia da UFBA e o Museu Afro-Brasileiro.

Clique aqui para conhecer outros rolês culturais pelo Pelô! E, claro, bom rolê 😉

You may also like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *