Spotify muda sua posição e limita alguns álbuns à usuários Premium.

Uma grande briga entre as principais gravadoras e o grande streaming de música Spotify é a disponibilização de suas músicas para os usuários que não pagam pelo serviço. Você pagando ou não, tem acesso ao mesmo catalogo de músicas, mas isso está perto de chegar ao fim.

O Spotify chegou a um acordo com o grupo Universal Music e agora os artistas que fazem parte do grupo poderão escolher se disponibilizam os álbuns para os usuários Premium por um tempo limitado. Isso marca uma mudança na posição do Spotify que era contra esse estilo de negócio, mas teve que se submeter para continuar oferecendo todas as músicas que são lançadas.

‘Começando hoje, os artistas da Universal poderão escolher lançar seus álbuns somente para o Premium por duas semanas’ disse o CEO Daniel Eck em um comunicado, ‘oferecendo aos assinantes a chance de ouvir todo o trabalho criativo, enquanto que os singles estarão disponíveis para todos os usuários’.

Essa mudança vem algumas semanas após noticiarmos que o Spotify negociava com as gravadoras para que elas lançassem seus álbuns somente aos usuários Premium. A exclusividade de duas semanas é uma decisão para agradar ‘a gregos e troianos’ pois permite aos artistas uma monetização maior de seus álbuns mas também não deixa as pessoas que optam por não assinar ao serviço de Streaming sem os álbuns de seus artistas favoritos. E com a Universal assinando esse acordo, não seria surpresa se outras gravadoras como a Sony e a Warner assinassem algo similar no futuro.

Claro que, a grande questão na cabeça das pessoas é e isso seria o suficiente para que a inimiga declarada do Spotify, Taylor Swift, voltasse a disponibilizar seu catalogo no serviço. Ela tirou todos os seus álbuns do Spotify em 2014, quando estava lançando seu álbum 1989 e desde então não disponibilizou mais nada no aplicativo. Ela alegou no passado que a plataforma gratuita era o seu principal problema com o aplicativo. Outra artista que adotou essa estratégia foi a Adele, mas com uma diferença – ela manteve seu álbum ‘25’ de fora de todos os serviços de Streaming por longos 6 meses mais ou menos, mas logo depois disponibilizou para todos, inclusive para os usuários gratuitos do Spotify.

Fonte: Engadget

Advertisements

You may also like

Deixe uma resposta